terça-feira, 23 de junho de 2009

Que ironia!!!


Não conseguiu se matar e ainda deixou um coitado na pior!

"Mulher se joga de prédio e atinge homem que estava na calçada no interior de SP"

Elefante gay!


por Vange Leonel

Um elefante incomoda muita gente? Dois elefantes juntos e enamorados incomodam muito mais! Que o diga Michal Grzes, deputado polonês que andou reclamando do elefante gay abrigado no zoológico de Ponzan.

Grzes não se conforma: os contribuintes gastaram 37 milhões de zlotys (cerca de R$ 24 milhões) para construir o maior cercado de elefantes da Europa, e o que receberam em troca? Ninio, um elefante que, segundo o deputado, "prefere machos em vez de fêmeas" e não irá encher o cercado de filhotes.

O político está colocando muita pressão em cima de Ninio. Os tratadores do zoológico explicam que o elefante tem apenas dez anos de idade, é muito jovem para procriar e ainda não definiu sua orientação sexual.

Leia mais

"Há bares que vêm para o bem"


Vange Leonel já participou de degustação de cervejas! E apontou a fala de Franklin:

"Cerveja é uma prova de que Deus nos ama e nos quer felizes".

Ontem, foi muito bacana conhecer o bar do Leonel, no Cidade Alta, "tocado" com sua esposa Lucineide! Que casal bacana!!!!

Confirmei minha tese de que contatos são importantíssimos!!! Leonel que o diga!

E como impresso no querido Santo Bar: "Há bares que vêm para o bem!"

domingo, 21 de junho de 2009

HOMOFOBIA!!


Me questionaram o que eu vi sobre a parada gay.

Reproduzo texto completo de Jean Wyllys, linkado a partir do Calcinhas no Box.

"Pra não dizer que não falei das flores ou bomba no cu dos outros é refresco"

"Se eu estou nesse cano, não posso me calar. Refiro-me a fatos que já foram mencionados por alguns dos leitores deste blog em seus comentários sobre a última postagem: a Parada do Orgulho Gay de São Paulo, as estarrecedoras violências reais e simbólicas que ameaçaram seus participantes e a bomba de fabricação caseira lançada contra alguns deles. Trinta pessoas ficaram feridas.

Mas, antes de comentar estes fatos, quero lhes contar algo que aconteceu comigo ano passado e que está, de certa forma, relacionado a eles. Na Parada do ano passado, por causa de trabalhos, eu não pude ir a São Paulo participar da celebração (este ano aconteceu a mesma coisa). Fiquei no Rio de Janeiro e, às 13h daquele domingo, fui almoçar num restaurante em companhia de amigos. O restaurante fica em Ipanema e é freqüentado quase só por gays e lésbicas. Ao lado da mesa que escolhemos, havia uma ocupada por um grupo de cinco mulheres heterossexuais na faixa dos 35 aos 45 anos. Elas estavam tão entretidas em sua conversa pública sobre aventuras e desventuras amorosas que mal notaram nossa presença. Não sei por que uma delas, em meio a um testemunho, citou a palavra “gay”. Só sei que, na hora, eu suspendi ainda mais minhas antenas. Outra delas lembrou, então, às demais, que, naquele momento, estava acontecendo, em São Paulo, a Parada do Orgulho Gay, ao passo que uma terceira – loira de tinta e com expressões congeladas por botox – fez cara de nojo e disparou: “Se eu pudesse, eu jogaria uma bomba para matar todos de uma vez”. Ninguém me contou, eu vi e ouvi.

É possível que alguns de vocês já conhecessem alguém que já expressou semelhante fantasia genocida ou já tenham ouvido falar de alguém que a expressou sem cerimônias: a vontade de promover a morte dolorosa e em massa daqueles que são diferentes, nosotros. Hoje, depois da Parada do último domingo, graças ao noticiário, todos nós conhecemos alguém que saiu da fantasia genocida e partiu para a prática; lançou realmente a bomba sobre os diferentes; e, se não conseguiu matar tantos quanto queria, foi porque não dispunha de tecnologia que lhe permitisse construir uma bomba de destruição em massa... Não se enganem: quem joga uma bomba de fabricação caseira sobre seres humanos que festejam, lançaria também uma bomba nuclear.

Mas, para mim, tão chocante quanto este crime perpetrado contra os participantes da Parada foi a maneira como o Jornal Nacional cobriu este fato. É preciso mais que nunca desmascarar a mentalidade, visão de mundo ou ideologia que está por trás do aparentemente isento, neutro ou objetivo discurso do Jornal Nacional. Não há nada de neutro ou objetivo no discurso do Jornal Nacional ou de qualquer jornal. O discurso de qualquer jornal é sempre uma interpretação dos fatos. E os fatos podem ter mais de uma interpretação ou podem ser visto de diferentes ângulos. É preciso que a gente saiba disso para que não engula certas interpretações como verdades absolutas.

Em sua cobertura sobre a bomba jogada contra os homossexuais, o Jornal Nacional escolheu apenas um "especialista" em comportamento humano para avaliar a atitude do criminoso. E este “especialista”, em sua fala para o telejornal de maior audiência no horário nobre, defendeu que o crime pode não ter sido motivado por homofobia, mas, sim, por algo como um simples estresse, como aqueles que levam às brigas no trânsito. Pois é, eu tive de viver para ouvir tamanho absurdo, para dizer o mínimo... Bomba no cu dos outros - de nosotros - é refresco!

Se, em vez de jogar a bomba contra a passeata gay, o criminoso tivesse lançado o artefato sobre a marcha de evangélicos ou mesmo sobre os participantes do show que comemora o aniversário de São Paulo, a avaliação do tal especialista seria a mesma? E a cobertura do Jornal Nacional seria a mesma? Por que ninguém se estressa com a marcha de evangélicos nem com o show da virada na Avenida Paulista?

Ora, porque em nenhum destes eventos está em jogo a representação e a manifestação, logo, a visibilidade de uma minoria social construída e tratada historicamente como “pecadora”, “pária”, “doente”, “degradada” e “corruptora dos valores da família” além de silenciada. Ainda que haja “viados” e “sapatões” na marcha evangélica ou entre os foliões do show da virada, estes não estão celebrando o orgulho de serem homossexuais nem reivindicando direitos civis para o coletivo do qual fazem parte, ao contrário. Logo, não há razão para se jogar uma bomba sobre eles, não é mesmo?

Só um genocida em potencial ou cínico em último grau de gravata, batina ou avental não admite que o que motivou o criminoso a jogar a bomba sobre a Parada de São Paulo foi homofobia – aversão e ódio injustificado e irracional por homossexuais. Por que não admite? Para não fortalecer os argumentos de nosotros em nossa reivindicação por uma lei que criminalize a homofobia e nos proteja de violências dela decorrentes?

Não há “promiscuidade” ou “devassidão” praticada por alguns homossexuais em sua celebração durante a Parada que justifique alguém lançar uma bomba contra eles. Do contrário, deveríamos suspender os carnavais de rua do país, pois, o que não falta, neles, são “devassidão” e “promiscuidade” praticadas pelos foliões. Os excessos de alguns participantes da Parada e os descaminhos que esta vem trilhando podem (e devem!) ser alvo de um sério debate entre nosotros, não de bombas de fabricação caseira ou de violências verbais lançadas por locutores, comentaristas, padres e pastores hipócritas. Sexo – ainda que algumas de suas manifestações escandalizem os caretas, hipócritas e falso-moralistas – é vida. Tentar matar quem celebra a vida e fomentar a violência contra eles são crimes!"



Visitem e assinem para confirmar seu repúdio à HOMOFOBIA!!!

Seja a favor do projeto de lei que CRIMINALIZA A HOMOFOBIA!

Dê a possibilidade de fazer com que nossos direitos sejam respeitados, por mais específico que seja, afinal, não dá para contar com a Constituição!!!!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Você é ATIVO ou PASSIVO?



"Usuários ativos da internet são aqueles que navegam pelo menos uma vez de casa ou do local de trabalho no mês".

Pesquisa do Nielsen publicado no ComputerWorld



Ai como eu sofro!!!!!
Uma vez por mês! rs pelo menos!

MÚSICA

Minha preferida da banda!

O site é mesmo muito divertido!

BIDÊ OU BALDE

Qual a minha geração?



Gerações...

você se identifica??

Definições sobre carreira são limitantes mesmo... o pior é saber que são referências decisivas!!!
Parece que o trabalho é a "alma" mesmo!! E sem idade pra acabar!

Geração Y

"É uma geração mais individualista e autônoma, que faz questão de colocar sua opinião em destaque e não abre mão de gerenciar sua vida pessoal simultaneamente à profissional. No dia-a-dia do trabalho, não têm medo de trocar informações, compartilhar experiências e possuem uma grande capacidade de inovação".

Geração X

"O processo de aprendizado, no entanto, é um pouco mais lento. Os profissionais sentem muito a falta de orientação e treinamento formal para as coisas novas.

No comportamental, a geração X tem um bom equilíbrio entre família e trabalho, mas cuida desses dois elementos de forma separada. Dessa forma, precisa equilibrar seu tempo na empresa para que o trabalho não atrapalhe sua vida e não seja desmotivado".

Baby Boomers - workhaholics

"É um profissional que tem o trabalho como prioridade número um na vida e que possui uma grande lealdade às empresas em que trabalha. O baby boomer não vê problemas em trabalhar anos no mesmo local e tem muita preocupação em seguir a chamada ética corporativa".

Acho que sou uma Yboomer!!

Música para pensar no trabalho...

"Até a hora de parar"
Acusticos e Valvulados



Pode me dizer, fala agora de uma vez
Pode me explicar o que eu tenho que fazer
Só prá variar não consigo escutar
Só prá variar não me esforço prá entender

Se eu quero me estragar, me estrago muito bem
Se eu quero descansar, descanso e o que é que tem
Se eu quero me quebrar, me quebro até cansar
Se eu quero me mexer, me mexo até a hora de parar

quinta-feira, 11 de junho de 2009

ORTOGRAFIA

Adorei!!!!
Valeu pela dica!

site que "traduz" a nova ortografia da lingua portuguesa
http://www.ortografa.com.br/

Mas não sei não... digitei umas coisas... não deu pra confiar!

Visitei tantos blogs linkados neste meu que nem me lembro de onde foi a dica!!!!!

Se bem que ouvi dizer que a "ortografia" sofreu um recurso! Não está "aprovadíssimo" o acordo! Alguém sabe sobre?

MINHA FOTO FOI PARAR NUM OUTDOOR!!?!!?!!!


foto da propaganda de um supermercado, ecological supermarket


foto do facebook, segundo informações

Muito interessante!!!!
A internet é brilhante!
Sempre digo isso!!! Mas devemos estar atentos à disponibilidade que damos para ter divulgado nossa vida nela!
Muitos espaços estão abertos e nos permitimos a isso!!!
Basta conhecer o meio para saber o quanto podemos desejar aparecer não é mesmo!?
Mas devemos estar atentos quando queremos copiar algo! Há copyrights, há copylefts, há creative commons... daqui há pouco tempo deveremos incluir isso nas discussões escolares! Mal conhecemos nossos direitos constitucionais!!! rsrs se é que faz diferença quando se tem dinheiro e uma boa defesa!!

Acabo de conversar com minha amiga Ester que me conta e envia a seguintes notícia!

Foto que família nos EUA colocou no Facebook vira outdoor em Praga

E o que vocês pensam disso?

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Ivo Viu a Uva

Gosto muito do trabalho desse cara!

Trabalho trabalho trabalho

Foi incrível!
Um colega me convidou para falar de tecnociências para alunos de cursos a distância no Cesumar!

Gente! Como eu tremi!!
Mas os comentários dos alunos foram positivos!
Eles gostaram!
Ah! Eu preciso ver o vídeo e "sentir" as gafes cometidas! rs

Gostei muito também!
Até porque adoro falar!
Mais que escrever!

Aliás, preciso escrever!
Muito trabalho para este feriado e recesso que terei!
Minha dissertação ainda não está segura! rs

Trabalho trabalho trabalho!!!!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

CONVERGÊNCIA




Estou há semanas para decidir a compra de um aparelho multi!

Resolvi comprar um chip da OI!

Uma operadora só não me satisfaz!!! Incrível como mudam os valores não?! rs

Daí, quero algum troço que aceite 2 chips!

Adoro tecnologia! Mas acho tudo tão caro!!! Não quero discutir sobre o valor desses produtos e digo logo que o meu salário é baixo mesmo!

Por isso trabalho tanto e não tenho tempo de postar neste pobre espaço!!!

Meus alunos foram os consultores para a decisão de compra! Como são tecnológicos! Possuem aparelhos tão complexos! Tão caros! E os usos que fazem dessas muambas são tão "complexos"!!

Vou arriscar!

Quero ver o quanto vou aproveitar de uma parafernalha tecnológica multi!!!

E repito!

Adoro convergência! Muitas coisas no mesmo lugar! Muitas coisas ao mesmo tempo! Chega até a dar uma frio na barriga!! hehe

terça-feira, 2 de junho de 2009

Mais uma do Google




Ingressei no Twitter e continuo a pensar que a internet para mim serve para conhecer coisas...

De tudo um pouco o que mais tenho admirado é a possibilidade de convergir! A possibilidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo, economizar tempo sabe?!

Isto porque, para mim, é uma questão de praticidade!!! Com a rapidez da internet e um programa, ou servidor, com funções diversificadas, mas convergentes, conseguimos de fato COMPARTILHAR!!!

Me parece que o Google Wave virá com tudo pra isso!!

Conheci via Twitter, questionado pelo colega Wesley sobre os propósitos desta nova funcionalidade Google! Tá aí uma vantagem de ter ingressado no Twitter!

Conheci algo novo e já me dispus aos waveanos googleanos a contribuir com este novo objeto assim que demarcarem o ciberespaço!

Abraço a todos e saibam mais sobre o Google Wave!